Medo de amamentar? Entenda por que!

Fui procurada por uma moça que está grávida de aproximadamente 5 meses.
Sua maior queixa, era acreditar que não conseguiria amamentar o filho.
Inspirada em nossa conversa, resolvi escrever esse post.



Algumas mulheres têm mais dificuldade de amamentar do que outras, seja porque não tem prática, porque não aprenderam a pega correta, porque o bico rachou, e por muitos outros motivos que podem ser evitados e/ou contornados.

Porém algumas mulheres apresentam essa dificuldade por fatores que vão além do fisiológico, do corpo. Para essas mulheres, o seio possui uma enorme e exclusiva conotação sexual impossibilitando-as de amamentar.

O que exatamente quer dizer isso?

Os seios (especificamente os mamilos) são uma das zonas erógenas do corpo feminino, ou seja, locais que quando são estimulados causam excitação sexual, prazer, sendo uma  das áreas mais estimulas durante o ato sexual.

O que pode ocorrer, é que essa idéia de “órgão de prazer sexual” fique tão instaurada na mulher a ponto dela associar o ato do bebê sugar o mamilo como algo sexual.

Às vezes esquecemos que antes de qualquer coisa, as fêmeas possuem seio para amamentar, essa é sua função fisiológica. Nós somos mamíferas, nascemos para mamar e  amamentar!
E sendo o mamilo uma zona erógena, a amamentação pode sim ser um ato de prazer. Não sinta vergonha ou culpa em sentir prazer em amamentar, isso é perfeitamente normal!

Se você está grávida e tem sentimentos de incapacidade em relação à amamentação, se acha que sente “muito nervoso” no seio e por isso não vai conseguir amamentar, se de alguma forma o ato do bebê sugar o seio te incomoda, se você acha a amamentação muito sexual, procure a ajuda de um Psicólogo (dê preferência para os especializados em saúde Materno-Infantil).

O importante é saber que você não é anormal e que esse sentimento acomete mais mulheres do que se pode imaginar, o problema é que a maioria não fala sobre isso.
Não guarde esses sentimentos nem os esconda com vergonha!
Um psicólogo a ajudará a encontrar o melhor caminho para que você e seu bebê possam aproveitar cada momento juntos, inclusive a amamentação.


2 comentários:

Líly quarta-feira, junho 13, 2012  

Muito obrigada por este post. Este é um dos meus maiores medo, pois meus seios são muito sensíveis ao toque, chego ao orgasmo só com a estimulação deles, tanto que sempre ando de sutiã, até para dormir, para que a roupa não fique raspando, e nunca tive coragem de falar pro médico ou de perguntar para quem já foi mãe como é. Minha esperança era de que quando virasse mãe os seios perdessem essa função de exitar e nestes meses sagrados servisse só pra amamentar, seria ótimo. Morro de medo deste momento, sei que não vou sentir "tesão" nessa hora, porém sei que me causará uma aflição enorme, um desconforto, desespero. Estou com muito medo mesmo, porém tbm tenho medo de não amamentar, pois é fundamental. Não sei o que fazer!

Líly quarta-feira, junho 13, 2012  

Muito obrigada por este post. Este é um dos meus maiores medo, pois meus seios são muito sensíveis ao toque, chego ao orgasmo só com a estimulação deles, tanto que sempre ando de sutiã, até para dormir, para que a roupa não fique raspando, e nunca tive coragem de falar pro médico ou de perguntar para quem já foi mãe como é. Minha esperança era de que quando virasse mãe os seios perdessem essa função de exitar e nestes meses sagrados servisse só pra amamentar, seria ótimo. Morro de medo deste momento, sei que não vou sentir "tesão" nessa hora, porém sei que me causará uma aflição enorme, um desconforto, desespero. Estou com muito medo mesmo, porém tbm tenho medo de não amamentar, pois é fundamental. Não sei o que fazer!

Postar um comentário

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital